Monitor de Fertilidade

Um monitor de fertilidade que funcione, seja fácil de usar e ofereça uma eficácia de 99.4% parece demasiado bom para ser verdade, mas estamos finalmente numa fase em que podemos pasmar com as maravilhas da tecnologia ao serviço do controlo natural de fertilidade e aproveitá-las.

Há uns meses atrás comecei a testar a Daysy, um pequenino monitor de fertilidade que diziam ser “espectacular”.
Ora, já tinha ouvido essa conversa outras vezes (porque nos últimos dois anos, tenho tido a oportunidade de experimentar várias “maquinetas”) e acabei sempre desiludida, pelo que comecei a testar a Daysy sem grandes expectativas.

Fi-lo essencialmente porque sei que o Método Natural de Fertilidade não serve a todas as mulheres nem em todas as fases da nossa vida e é importante sabermos que há opções e se estas são ou não fiáveis. Por isso, aqui estou eu a contar-te como me correu.

É talvez o monitor mais bonito que já tive em mãos – “sim, Patrícia, começa aí pelas questões estéticas porque é realmente o que mais importa!” 😂 Efectivamente não é, mas sei que, para muitas, conta! Isso, e ser leve e portátil porque facilita muito a vida a quem viaja, já que tem de ser utilizado diariamente e cabe no teu necessaire ao lado da tua escova de dentes.

A Daysy é um produto da Valley Electronics e funciona com base num algoritmo de temperatura, e esse é o  indicador que utiliza para monitorizar o teu ciclo com base em milhares de ciclos que estão na base da criação desse algoritmo. (Se és nova nestas andanças, sabe que após a ovulação a nossa temperatura eleva-se devido à produção de progesterona ovárica.)

Tudo o que precisas fazer é, ao acordar, tirares-lhe a tampa, carregar no botão central que fica a rodar uma luz azul e colocá-lo na boca. Quando termina a medição, a luz azul central pára de piscar e a Daysy apita para te informar que a medição está concluída. E já está!

Do lado direito da Daysy, uma das 3 pétalas vai acender consoante a fase de ciclo em que te encontras:
Vermelho = fértil
Verde = não fértil
Amarelo = a Daysy não sabe; proteção obrigatória se não quiseres engravidar 😊

Mas vamos olhar para o que escrevi acima:
1. Acordar e tirar a temperatura: e PÁRA TUDO AQUI!
Repararam que não escrevi “à mesma hora todos os dias”?
A Daysy não precisa que meças a temperatura sempre à mesma hora, apenas quando acordas e preferencialmente ao fim de (um mínimo!) 3 horas de sono ininterruptas. Isto muda tudo, já que uma das grandes dificuldades na utilização da temperatura no MNF costuma ser a questão horária e do sono. Se era o teu caso, está resolvido.
Ah, e se dormes de boca aberta, basta fechá-la, engolir uma ou duas vezes e medir a temperatura de seguida. NEXT!

2. Acende uma pétala indicando a fase do ciclo: mas como é que a Daysy sabe?
Bem, fala-se muito agora nisto dos algoritmos por causa do Facebook e do Google mas a maioria das pessoas não entende bem o que são ou como funcionam. Um algoritmo é uma sequência finita de instruções bem definidas e não ambíguas para obtenção de um determinado resultado.
Exemplo de maus algoritmos são as instruções dos móveis do IKEA (cuja ambiguidade deixa muitos com móveis coxos) ou as minhas receitas de bolo (“agora uma mão cheia disto, e não me lembro bem de quanto daquilo mas pode ser que resulte”) 🤦🏻‍♀️.
O algoritmo da Daysy tem um índice de Pearl (que utilizamos para medir a eficácia nestas coisas da fertilidade) de 0.6 oferecendo-te uma eficácia de 99.4%. O último estudo é deste mês e está aqui, se o quiseres ler.
E não, A TUA APP (a não ser que seja a Natural Cycles) NÃO IDENTIFICA a tua janela fértil com base num algoritmo; dá-te sim uma estimativa apenas com base na duração média dos teus ciclos e a probabilidade de erro é enorme! Mas já escrevi sobre isso aqui e aqui.

3. A Daysy é super-esperta!: porque aprende os teus ciclos.
Quanto mais consistente fores nas tuas medições, mais rapidamente ela consegue eliminar os dias amarelos e identificar a tua janela fértil através do teu padrão de temperaturas.
A Daysy leva habitualmente um mínimo de 3 ciclos para o fazer. No meu caso, porque não falho medições e tenho ciclos regulares, desde o segundo ciclo que começou a assinalar corretamente os dias. (Como é que sei? porque enquanto usava a Daysy continuei a monitorizar o meu ciclo como sempre 😊).
A Daysy é eficaz a 99.4% desde o primeiro ciclo porque, em caso de dúvida, vai sempre dar-te uma luz amarela.
Estamos férteis 6 dias por ciclo mas a Daysy tem uma abordagem conservadora (daí a sua eficácia): a partir do meu 5º ciclo, passou a dar-me 1 luz amarela e 9 vermelhas, o que, convenhamos, é fantástico para quem não quer ter de aprender o Método Natural de Fertilidade.
No penúltimo ciclo falhei uma medição pela 1ª vez. No ciclo seguinte, a Daysy optou por ser cautelosa e aumentou-me os dias vermelhos para 12…

4. Podes usá-la para tentar engravidar e para não engravidar: YAY!
Tu é que decides o que queres fazer com os teus dias vermelhos (e amarelos). Se não queres engravidar, obviamente que tens de optar por um método barreira nos dias férteis – SEM EXCEÇÃO! Lembra-te que a eficácia de qualquer método decorre do uso que fazes dele.
O facto de teres a Daysy na mesinha de cabeceira, não faz dela um contracetivo! nem te protege de DST’s #goeswithoutsaying.

A Daysy está indicada para mulheres:
– que querem monitorizar naturalmente a sua fertilidade (seja para engravidar ou não engravidar)
– que não querem ou não podem fazer uso de contraceção hormonal
– que saíram da contraceção hormonal
– que não têm disponibilidade para aprender o Método Natural de Fertilidade ou querem deixar de o utilizar
– que não acordam todos os dias à mesma hora
– que trabalham por turnos (médicas, enfermeiras, assistentes de bordo, etc.) – basta que tenham passado 18horas desde a última medição (e um mín. de 3 horas de sono) para a nova temperatura ser contabilizada pela Daysy.
– que estão a amamentar (vão receber amarelos até que os ciclos se instalem)
– que não percebem nada de muco (ou tomam medicação que interfere neste indicador, por exemplo) e não se vêem a fazer o toque do colo de útero.

Coisas importantes:
– Se tens uma condição hormonal ou de saúde que interfira com os teus ciclos, a Daysy não vai resolvê-los;
– Se tomas medicação que interfere com as tuas hormonas ou temperatura, contacta a equipa da Daysy antes de a comprares para te certificares que esta é uma opção adequada a ti;
– Quanto mais consistente fores com as tuas medições, maior a ajuda que a Daysy te dá;
– A Daysy tem 2 anos de garantia e funciona com uma pilha que dura aproximadamente esses dois anos, e que pode ser comprada em qualquer lugar;
– O Apoio ao Cliente da Daysy é eficiente.

Por fim, a Daysy tem uma app que através da sincronização dos dados entre o dispositivo e o teu telemóvel, te mostra um calendário dos teus ciclos, com dias vermelhos, amarelos e verdes e um gráfico de registo de temperaturas.
Porém, convém esclarecer duas coisas:
– A Daysy NÃO É uma app! É um monitor de fertilidade por si só e a utilização da app é um extra, uma pista visual se a quiseres ter.
– Se estás habituada a fazer gráficos de temperatura, não esperes que os gráficos da Daysy sejam tal e qual os do MNF, porque não são.
– Há uma nova versão da app para ser lançada em breve, porque a atual tem alguns bugs e questões de sincronização com certos modelos de smartphone mas, mais uma vez, não precisas dela para fazer uso da Daysy e monitorizares os teus dias férteis.

Espreita o site da Daysy, pesquisa e lê. Deixo-te um vídeo no final deste post.

Se for a ajuda pela qual esperavas para monitorizares a tua fertilidade, tens 20€ de desconto na tua compra ao usares o código GEREATUAFERTILIDADE no checkout 🙃. Segue o link. (A Daysy é vendida diretamente pelo seu fabricante através do site https://daysy.me/ e costuma chegar no prazo de 3-5 dias úteis).

Bons Ciclos,

* não sou representante da Daysy, não vendo Daysys e não fui paga para escrever esta review.

NEWSLETTER

 

Detestas ter a caixa de correio cheia de emails? Eu também. Prometo só dar notícias de vez em quando!

Fechar
Este site, à semelhança de tantos outros, utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação.