deitada

Esperar deitada…

Dos muitos mitos que continuam a circular relativamente às tentativas de conceção, um dos que mais me desassossega, talvez porque continua a ser propagado não só pela internet como também pelos médicos, é o que defende que o “repouso pós-coital” melhora as probabilidades de sucesso.

Ou seja, como se não bastasse a logística toda, que em muitos casos passa por monitorizar ciclos, identificar muco, fazer testes de ovulação, conciliar horários e “arranjar vontade”, OU passar por um processo medicamente assistido, ainda é preciso tempo extra para esperar deitada?

O curioso é que os timings sugeridos variam: podem ir desde os 15 minutos às duas horas. (DUAS HORAS?! mas quem é que tem vida para isso?!🤦🏻‍♀️ )

Há anos que sabemos que não há evidências que suportem estas sugestões – da mesma maneira que não há posições milagrosas para um ato sexual bem sucedido em termos de gravidez nem para determinar o sexo do bebé.

Esta teoria da “espera na horizontal” data de há cerca de uma década, quando um estudo sobre inseminação intra-uterina (IIU) sugeriu que 15 minutos de imobilização melhoravam os resultados.

Em 2016, no encontro anual da ESHRE em Helsínquia, a Drª Joukje van Rijswijk e a sua equipa apresentaram os resultados de 2000 IIU’s analisadas: as mulheres que ficaram 15 minutos deitadas tiveram uma taxa de sucesso de 32,2% de sucesso; as que se levantaram de seguida de 40,3%.
Yep. E apesar de não podermos considerar diferenças muito significativas, estes resultados chegaram para demonstrar que ficar deitada, mesmo nos casos de IIU’s, não parece apresentar qualquer benefício:

“Na nossa opinião, a  imobilização após IIU não apresenta qualquer efeito positivo nas taxas de conceção, pelo que não há motivo para manter as pacientes deitadas após o tratamento” disse Rijswijk.

Anatomicamente falando, a vagina e o útero não são um canal recto e vertical de entrada/saída livre, pelo que a ideia de que se nos pusermos de pé “sai tudo” não só não corresponde à verdade como é sinal de desconhecimento total sobre a dinâmica muco-esperma.

Por isso, deixa-te ficar se te apetecer e se te tremerem as pernas 😍 Mas se te mandarem permanecer deitada, com as pernas para cima ou a fazer o pino, faz um favor a todos e diz-lhes para se atualizarem – a ver se nos deixamos de estórias da carochinha…

Bons ciclos!

NEWSLETTER

 

Detestas ter a caixa de correio cheia de emails? Eu também. Prometo só dar notícias de vez em quando!

Fechar
Este site utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação.