Spotting

Spotting é o nome que damos – na falta de alternativa em português – a pequenas perdas de sangue que ocorrem fora dos dias menstruais. Na verdade, em inglês até existem nomes para as diferentes perdas de sangue porque nem todos os spottings são iguais: o timing em que ocorrem no ciclo, a sua duração, a consistência do sangue, a existência de sintomas associados, o que aconteceu nos últimos dias, etc. tudo conta. (Em rigor existe um nome em português para as perdas de sangue fora do habitual que é metrorragia mas “ninguém” o usa – e quem o usa não lhe liga grande importância…)

É muitas vezes desvalorizado pelos médicos, ou tido como “normal” – principalmente porque as mulheres em contraceção hormonal contínua podem ter spotting por motivos associados à mesma – mas um ciclo saudável, por sistema, não apresenta spotting.

Deves sempre procurar um médico se o spotting durar mais de 2 dias com sangue vivo OU se houver sintomatologia associada – dor pélvica ou abdominal aguda e forte, náuseas e vómitos, febre ou tiveres uma sensação de mal-estar geral.

Se o spotting for pontual, i.e., se nunca tens e há um ciclo onde “acontece e desvanece”, à partida não será nada de maior e se estiveres atenta aos teus ciclos decerto vais conseguir perceber, nem que seja em retrospetiva, a origem desse spotting. Se és da que faz spotting no fim da menstruação, esse é o de menor importância – habitualmente é apenas fluxo menstrual envelhecido (daí a cor escura que apresenta) que ainda não foi expelido.

Entre as causas habituais do spotting contam-se:

Desequilíbrio hormonal: que pode ser pontual ou não; se viajaste, andas stressada, alimentas-te menos bem, dormes pouco ou mal, etc. Se isto é o teu quotidiano típico, recorda-te que todas estas coisas funcionam como disruptores endócrinos (ou seja, coisas que desequilibram as tuas hormonas e o bom funcionamento do ciclo).

Alterações do colo do útero: uma cervicite, uma displasia cervical ou “ferida no colo do útero”, um HPV ativo, podem causar spotting. Fica também atenta para verificares se ocorre após atividade sexual.

Medicação natural ou outra: se estás a fazer algum tratamento, temporário ou de continuidade, tem isso em conta; há medicamentos que mexem com a sinalização hormonal e podem causar perdas, principalmente perto do meio de ciclo.

Ovulação: algumas mulheres fazem spotting ovulatório. Não se sangra porque se liberta o óvulo – como já ouvi por aí – mas por causa da queda de estrogénio prévia à ovulação.

Falha na ovulação: tricky one, esta, não é? “afinal sangro porque ovulo ou porque não ovulo?” bem, podes sangrar por ambos motivos. Esta é a grande vantagem do MNF e do cruzamento de indicadores. Se o colo não está aberto e o muco não está fértil, um spotting de meio de ciclo pode significar uma falha ovulatória.

Implantação de ovo: Para quem está a tentar engravidar, este é o spotting-que-mete-os-nervos-em-franja! “É menstruação? é aborto espontâneo? é spotting de implantação ?” bem, estima-se que um terço das mulheres que engravida faça spotting de implantação.
Seis a doze dias após a fecundação, pode ocorrer uma pequena perda de sangue provocada pela implantação do trofoblasto (“projeto de embrião”, se quiseres) no útero. A cor pode ir do rosa clarinho ao castanho mas nunca passará de umas manchas leves de sangue que vão do episódio isolado a perdas pontuais durante (no máx.) dois dias.

Mas a lista de causas é extensa e cobre ainda baixa progesterona, IST’s, Doença Pélvica Inflamatória, DIU, secura vaginal, excesso de exercício físico, mal-nutrição, miomas ou fibróides, endometriose, menopausa, aborto espontâneo, SOP, gravidez ectópica, problemas de tiróide, polipos, cancro do colo do útero, e por aí foraaaa! uff!…

Portanto, da próxima vez que leres um post num fórum de internet sobre uma solução mágica, natural ou não, “parar o spotting” lembra-te que teu ciclo menstrual é único, individual, pessoal e intransmissível. Ele conta a TUA história. Até porque outra mulher no fórum pode ter spotting na mesma altura de ciclo que tu e não estarem a falar da mesma coisa!

Se queres saber o que se passa contigo, fica atenta, toma notas, vê se identificas um padrão e conta comigo para montar o puzzle, se precisares. O spotting é uma mensagem que o teu corpo te manda e não deve ser desvalorizado.

Toma conta de ti!

Bons Ciclos,

Carrinho Item Removido. Desfazer
  • Nenhum produto no carrinho.