O mito da cueca imaculada


[post de instagram]

Já tenho por aí um post sobre “corrimento” mas como esta parece ser uma preocupação recorrente, vou voltar ao assunto.

Não é suposto chegarmos ao final do dia com a cueca seca como se a tivéssemos acabado de vestir.
É normal haver descarga vaginal e muco quase todos os dias do ciclo.

Algumas mulheres em contracepção hormonal (CH) não apresentam muco, porque este precisa de estímulo das hormonas sexuais ováricas para ser produzido, e quem toma CH tem os ovários “parados”. Qdo têm “corrimento” é habitualmente um esbranquiçado, pastoso. Sempre igual.

Portanto, ter a cueca limpa não é – não pode ser – um #goal. .
A ver se deixamos de permitir que nos enfiem goela abaixo estas ideias de corpos assépticos, limpos, e para consumo alheio porque o corpo é feito de sangue, suor, lágrimas e fluídos. E pelos (mas estes ficam p outro post). .

Se de repente fico cheia de ranho, algo não está bem. Constipei-me ou whatever mas mm num dia normal se as minhas narinas ficarem completamente secas, algo tb não está normal.

Igual com os olhos, com a boca, com a vagina, com tudo q é mucosa.

O muco produzido durante o ciclo varia de acordo com a fase em que estamos. Varia em cor, consistência e quantidade: entre o transparente e elástico, ao branco ou amarelado que esfarela, cola ou parece um creme hidratante.

Tudo o que sai disto, avisa-nos que precisamos cuidado. Temos uma infeção ou algo q precisa ser visto e tratado.

Os pensinhos diários aumentam o muco.
Maravilha para o negócio – vendem-se sozinhos.
A quantidade de muco varia entre 1 a 4ml diários.
Não há um “normal”. Há o teu normal.

Agora uma cueca seca não é sinal de saúde, e uma cueca com vestígio de muco não significa que somos pouco asseadas.

Somos pessoas com vagina e mulheres.
MT prazer 🤝

Carrinho Item Removido. Desfazer
  • Nenhum produto no carrinho.