Ikebana menstrual

Pelo ocidente achamos que o Ikebana – a arte floral japonesa – se reduz a bonitos arranjos para decorar a casa, mas na verdade o Ikebana é uma disciplina zen com muitos séculos – na qual os antigos guerreiros samurai eram muitas vezes mestres – e que tem por objetivo a contemplação da impermanência e inconstância da vida, e do vazio.

Porque saber parar faz parte do movimento, a prática contemplativa é o caminho que nos permite aceitar – e integrar – que tudo muda, que a realidade é dinâmica, que não nos banhamos duas vezes no mesmo rio.

O ciclo menstrual ensina-nos a mesma coisa.
Começamos (meninas) em vazio menstrual e terminamos (crescidas) também em vazio.
Durante os nossos anos férteis, pausamos o ciclo quando menstruamos e se soubermos conduzi-lo aprenderemos a recuperar, reciclar e reutilizar a nossa energia para novas perspectivas e para realizar as mudanças necessárias na nossa vida para vivermos melhor – a cada dia, a cada estação.

Num mundo acelerado onde vão surgindo práticas slow (slow food, slow living, slow sex) importa lembrar que lento não é parado. Que pouco não é nada.

Por isto, o CP vai de férias das redes sociais em formato “devagar-devagarinho-parado” – começando a abrandar agora para parar “daqui a pouco”.
O regresso fica marcado para Setembro com novos posts, datas de workshops e novidades.

Até lá aproveitem o vazio e os lírios do campo 😉

P.S. – A paragem virtual não se estende aos acompanhamentos, sessões avulsas, programas individuais, hipnose de parto, etc. Esses mantêm-se e os pedidos de informação continuarão a ser respondidos.

Carrinho Item Removido. Desfazer
  • Nenhum produto no carrinho.